Japão adia discussão sobre Kyoto

Se havia esperança de que a reunião de cúpula sobre o clima mundial que começa hoje, na cidade alemã de Bonn, terminasse com o anúncio da entrada em vigor do Protocolo de Kyoto, ela terminou ontem com a declaração do primeiro-ministro do Japão, Junichiro Koizumi, de que não haverá acordo até outubro. O encontro na Alemanha já é o sétimo realizado desde a assinatura do acordo, em 1997, na tentativa de ratificar as metas de redução da emissão de gases poluentes.Leia mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.