Japão anuncia apoio ao ataque dos EUA

O Japão apóia o ataque norte-americano contra o Iraque, disse na madrugada desta quinta-feira (de Brasília) o primeiro-ministro japonês Junichiro Koizumi. "Apoiamos o uso da força contra o Iraque", disse Koizumi durante uma entrevista coletiva, logo após o presidente do EUA, George W. Bush, ter anunciado que guerra contra o Iraque havia começado.Assim que os ataques começaram, o governo japonês intensificou as medidas de segurança contra possíveis ataques terroristas. A polícia, guarda costeira e empresas de energia atômica foram orientandos a proteger com máxima atenção os mais de 50 reatores nucleares do país. Também terão proteção especial as bases militares, sede do governo e aeroportos.A ministra de Relações Exteriores, Yoriko Kawaguchi, pediu ao governo dos EUA que tentem reduzir ao máximo possível os danos à população iraquiana, informou a agência de notícias Jiji Press. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.