Japão aprova envio de tropas ao Iraque

O governo do Japão obteve apoio no Legislativo para uma lei que autoriza o envio de tropas japonesas para ajudar na reconstrução do Iraque, a despeito dos temores de que os soldados japoneses se vejam arrastados para o combate.É uma importante vitória política do primeiro-ministro Junichiro Koizumi, que defende a presença japonesa em missões internacionais de paz. A oposição a Koizumi argumenta que o envio de tropas representaria um apoio tácito a uma guerra injustificável. Críticos também dizem que o plano poderia levar os japoneses ao combate, o que viola a atual Constituição do país.A câmara baixa do Parlamento aprovou a medida. Essa votação praticamente garante a aprovação também na câmara alta antes que a legislatura atual se encerre, em 28 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.