Japão comprará ilhas disputadas com a China

O governo do Japão confirmou nesta segunda-feira que decidiu comprar de seus donos privados diversas ilhas disputadas com a China. Pequim reagiu prontamente, alertando os japoneses para "sérias consequências" se continuarem com o plano.

AE, Agência Estado

10 de setembro de 2012 | 13h17

O chefe de gabinete do governo japonês, Osamu Fujimura, disse que o país comprará três ilhas desabitadas no Mar do Leste da China de uma família japonesa. O Ministério de Relações Exteriores chinês respondeu furiosamente, afirmando que o país não irá "sentar e assistir seu território soberano ser violado".

China e Taiwan também reivindicam as ilhas, conhecidas pelos japoneses como Senkaku e pelos chineses como Diaoyu. "Se o Japão insistir em agir por conta própria, terá que arcar com todas as sérias consequências que seguirão", afirmou o Ministério em comunicado, que não especificou quais seriam tais consequências. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoChinailhas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.