Japão continua buscas após terremoto, mortos sobem para nove

Mais de 1.000 socorristas,incluindo soldados, buscavam no domingo a 13 pessoasdesaparecidas após um forte terremoto sacudir o norte do Japão,deixando ao menos nove mortos e mais de 200 feridos. O sismo de magnitude 7,2 ocorreu na manhã de sábado nascidades de Miyagi e Iwate, uma zona escassamente povoada acerca de 300 quilômetros ao norte de Tóquio, onde também foisentido o tremor. A aparência das montanhas mudou devido à força do tremor,as árvores caíram em fissuras criadas pelo abalo, as rotasforam cortadas por deslizamentos e várias pontes desabaram. Mais de 260 tremores secundários abalaram a região até amanhã de domingo e houve alertas de que pode haver mais sismosfortes. Continuaram neste domingo os esforços para encontrar setepessoas que podem estar presas em fontes termais, devido a umdeslizamento. As equipes de resgate ainda tentavam avançar por caminhosestreitos na região montanhosa para chegar às zonas devastadas. (Reportagem adicional de Hugh Lawson)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.