Japão diz estar próximo de acordo sobre Coreia do Norte

Pelo pacto, Tóquio receberia informações sobre atividades nuclear norte-coreanas da Coreia do Sul por meio dos Estados Unidos

O Estado de S. Paulo

26 Dezembro 2014 | 10h52

TÓQUIO - O Japão, os Estados Unidos e a Coreia do Sul estão próximos de um acordo para compartilhar e proteger informações sensíveis sobre os programas nuclear e de mísseis da Coreia do Norte, disse nesta sexta-feira, 26, o Ministério da Defesa japonês.

Como o Japão se encontra dentro do alcance dos mísseis de médio porte da Coreia do Norte, a obtenção de inteligência militar sobre os norte-coreanos no tempo correto é vital para a sua segurança.

“Desde quando ministros da Defesa do Japão, dos EUA e da Coreia do Sul concordaram em maio com a importância de compartilhar informação, as discussões têm ocorrido em vários níveis”, disse uma autoridade do ministério de Defesa japonês.“Agora estamos nas fases finais antes da assinatura”.

Pelo acordo, a Coreia do Sul passaria informações relevantes aos EUA, com quem Seul já tem um pacto nesse sentido, e então os americanos passariam para o Japão.O fluxo de informações teria duas mãos, já que os EUA têm um pacto bilateral também com o Japão.

Alguns sul-coreanos têm demonstrado preocupação em assinar um acordo de segurança com o Japão. A Coreia do Sul já esteve sob regime colonial japonês. As relações entre os dois países também é dificultada pela disputa territorial relacionada a um grupo de pequenas ilhas. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.