Japão diz estudar extradição de Fujimori

O Japão estuda "de forma detalhada" a possível extradição ao Peru do ex-presidente peruano Alberto Fujimori, disse o primeiro-ministro japonês, Junichiro Koizumi, a um jornal da capital do país.O governo japonês vem negando o pedido de extradição feito pelo Peru. Fujimori foi destituído pelo Congresso de seu país em 2001 e, acusado de corrupção, refugiou-se no Japão, país de seus ascendentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.