EFE/ Chris Kleponis
EFE/ Chris Kleponis

'Japão e Coreia do Sul querem que voltemos ao TPP, mas não gosto deste acordo', diz Trump

Presidente americano sinalizou que não deve aceitar o convite formal de retorno do país ao Acordo Transpacífico (TPP), do qual saiu no primeiro dia de seu governo

Mateus Fagundes, Broadcast

18 Abril 2018 | 02h46

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sinalizou por meio da conta dele no Twitter que não deve aceitar o convite informal de retorno do país ao Acordo do Transpacífico (TPP, na sigla em inglês), do qual saiu no primeiro dia de seu governo.

"Japão e Coreia do Sul querem que voltemos ao TPP, mas não gosto deste acordo para os Estados Unidos", escreveu Trump.

Na última quinta-feira, congressistas e fontes da Casa Branca disseram que Trump pediu que o representante comercial do país, Robert Lighthizer, e o diretor do Conselho Econômico Nacional, Larry Kudlow, estudassem a possibilidade de o país reingressar no TPP.

 


 Na sexta-feira, Trump falou publicamente sobre o assunto - e disse que só retornaria ao TPP caso o acordo fosse substancialmente melhor aos EUA.

+ Políticas econômicas de Trump favorecem livre comércio na América Latina

Agora, o presidente americano diz que o Japão e a Coreia do Sul querem a volta dos EUA ao acordo, mas que ele particularmente acha que não é bom para o país.

"O TPP tem tantas contingências e poucas maneiras de ser abandonado se não funcionar. Os acordos bilaterais são muito mais eficientes, rentáveis e melhores para nossos trabalhadores. Veja o quanto a OMC é ruim para os EUA", escreveu Trump.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.