Japão e Coreia do Sul vão assinar pacto militar

A Coreia do Sul assinará, em breve, um acordo militar com o Japão - o primeiro desde 1945, quando o domínio colonial de Tóquio terminou, revela reportagem divulgada nesta quarta-feira pela agência de notícias "Yonhap", citando uma fonte do governo.

Agência Estado

27 de junho de 2012 | 01h03

O pacto - chamado de Acordo Geral de Segurança da Informação Militar (GSOMIA, na sigla em inglês) - permite que os dois países façam troca de informações sobre a Coreia do Norte e seus programas nucleares e de mísseis, informou a agência sul-coreana.

"Os dois governos vão assinar oficialmente o acordo ainda esta semana ou, no mais tardar, na próxima", disse a fonte à "Yonhap". "O Japão tem um vasto material de inteligência sobre a Coreia do Norte e o GSOMIA vai nos beneficiar muito", completou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoCoreia do Sulacordo militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.