Japão estuda interceptar foguete da Coreia do Norte

O Japão está estudando se adotará medidas preventivas para a possível destruição de um foguete que a Coreia do Norte pretende lançar em abril para pôr um satélite em órbita, afirmou neste sábado o ministro da defesa japonês, Naoki Tanaka.

AE, Agência Estado

17 de março de 2012 | 13h51

"Estamos fazendo um exercício mental para nos preparar (para o lançamento), usando o incidente anterior como referência", disse Tanaka, referindo-se à decisão do governo japonês à época do lançamento de mísseis de longo alcance por Pyongyang, em abril de 2009.

Um mês antes, em março de 2009, o Japão emitiu uma ordem às forças de defesa locais que destruíssem foguetes ou pedaços de projéteis norte-coreanos caso eles viessem a cair em território japonês.

O foguete que a Coreia do Norte pretende usar no mês que vem para lançar o satélite é do mesmo tipo empregado para mísseis de longo alcance.

Os Estados Unidos e o Japão alertaram os norte-coreanos que o lançamento representaria uma violação de um acordo que proíbe testes de mísseis ou nucleares. As informações são da Dow Jones e Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãofogueteCoreia do Norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.