Japão fecha reator nuclear de Ohi após defeito

Agora, apenas 18 dos 54 reatores do pais estão em funcionamento.

BBC Brasil, BBC

16 de julho de 2011 | 12h57

A operadora da usina nuclear de Ohi, no Japão, decidiu neste sábado interromper o funcionamento do reator, devido a um problema técnico.

A pressão do tanque de segurança caiu sem motivo aparente e, apesar de ter voltado ao normal, os administradores da usina decidiram "dar prioridade máxima à segurança e descobrir as causas" do defeito.

Não houve vazamento de material radioativo, mas a paralisação do reator vai intensificar os problemas de geração de energia no país, após o terremoto e o tsunami de março.

Há uma constante preocupação da população com a situação na usina de Fukushima, que foi danificada durante o desastre e continua apresentando vazamentos.

Com o fechamento na usina de Ohi, apenas 18 dos 54 reatores do Japão continuam em operação.

A Kansai Electric Power Company, Kepco, que opera a usina, não tem previsão de quando o funcionamento voltará ao normal.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
japaonuclearreator

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.