Japão pode reforçar seu sistema de defesa antimísseis

O Ministério da Defesa do Japão está ponderando reforçar o seu sistema de defesa antimísseis para combater a ameaça representada programa de míssil balístico de longo alcance da Coreia do Norte, informou o Nikkei nesta terça-feira.

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2013 | 03h53

O ministério estabeleceu que destinará fundos para o estudo de um reforço do sistema no seu pedido de orçamento para o ano fiscal que começa em abril de 2014.

O sistema THAAD, ou defesa de áreas de alta altitude, também é utilizado pelos militares dos Estados Unidos, e é projetado para interceptar mísseis inimigos imediatamente depois que entram na atmosfera. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Japãomísseis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.