Japão prepara defesa contra foguete norte-coreano

O ministro da Defesa do Japão, Naoki Tanaka, ordenou nesta sexta-feira que o sistema de defesa antimísseis das Forças Armadas japonesas esteja pronto para derrubar um foguete norte-coreano de longo alcance - caso o mesmo venha a ameaçar o país.

ROBERTO CARLOS DOS SANTOS, Agência Estado

23 Março 2012 | 01h57

"Ordenei a oficiais que preparassem o sistema PAC-3 e os navios de guerra Aegis", disse Tanaka, referindo-se aos mísseis de defesa terra-ar e aos destróieres que carregam mísseis de defesa. Os mísseis terra-ar estão prontos para lançamento no arquipélago de Okinawa, localizado no sul do Japão. Qualquer ordem de disparo contra o foguete norte-coreano, porém, necessita da aprovação do primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda.

A Coreia do Norte, que possui armas nucleares, anunciou que vai lançar um foguete no próximo mês para colocar um satélite em órbita. Os Estados Unidos e seus aliados, porém, veem o lançamento como um pretexto para o teste de um míssil de longo alcance. Já o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, advertiu a Coreia do Norte nesta sexta-feira, dizendo que qualquer lançamento de foguete poderá desencorajar a ajuda internacional dada ao país, piorando ainda mais a situação humanitária - que já é considerada calamitosa na Coreia do Norte.

"Um ato com este prejudicaria os recentes progressos diplomáticos conquistados e causaria efeito negativo junto aos doadores internacionais, agravando a situação do país", disse o secretário-geral, ao discursar em Cingapura. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Japão Coreia do Norte foguete

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.