Japão protesta sobre acidente com submarino

O Japão emitiu hoje um protesto oficial contra os Estados Unidos pela presença de civis na cabine de comando do submarino nuclear norte-americano USS Greeneville que, ao emergir, colidiu e afundou na última sexta-feira o pesqueiro japonês Ehime Maru. O acidente aconteceu na última sexta-feira na costa do Havaí. Há suspeitas de que os 16 civis que estavam a bordo do submarino tenham distraído a tripulação. Nove japoneses, entre eles quatro adolescentes, continuam desaparecidos."Considero este assunto de extrema importância se for confirmado que a participação de civis nas operações de emersão à superfície possa ter provocado o acidente", disse o ministro de Relações Exteriores japonês, Yohei Kono, durante uma conversa telefônica com o secretário de Estado americano, Colin Powell. A Marinha norte-americana anunciou hoje que vai encerrar as buscas dos nove japoneses desaparecidos . O porta-voz do governo japonês, Yasuo Fukuda, afirmou anunciou que pedirá aos EUA que ?reconsidere a decisão? de suspender as buscas das vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.