Japão reafirma sua soberania nas ilhas disputadas

O Japão pediu nesta sexta-feira que a Coreia do Sul encerre sua "ocupação ilegal" de um grupo de pequenas ilhas disputadas pelos dois países, a linguagem mais contundente utilizada até agora na questão que levou a relação diplomática ao pior nível em anos.

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2012 | 09h53

Parlamentares japoneses aprovaram uma resolução simbólica que condena o presidente sul-coreano, Lee

Myung-bak, por ter visitado as pequenas, rochosas, ilhas do Mar do Japão no início do mês.

Críticos do primeiro-ministro japonês Yoshihiko Noda pedem que ele aja mais firmemente para proteger as ilhas em questão e também outras no Mar da China que são controladas pelo Japão mas reivindicadas pela China e Taiwan. Os congressistas japoneses também aprovaram uma resolução condenando a China por querer as ilhas e acusa-a de permitir que ativistas desembarquem nelas. As informações são da Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoCoreia do SulChinailhas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.