Japão registra 4º caso de gripe suína

O Japão confirmou neste domingo seu quarto caso de gripe suína num adolescente que voltou recentemente de uma excursão escolar ao Canadá com três outros japoneses que haviam contraído o vírus. O paciente, que não foi identificado, está sendo mantido em quarentena num hospital próximo ao aeroporto, segundo o Ministério da Saúde e do Bem-Estar.

AE-AP, Agencia Estado

10 de maio de 2009 | 03h32

O adolescente estava na cidade de Oakville, na província de Ontario, desde o dia 24 de abril, e voltou na sexta-feira para o Japão num voo da Northwest Airlines procedente de Detroit. Um laboratório do Instituto Nacional de Doenças Infecciosas confirmou que ele tinha os mesmos sintomas da doença que já matou 53 pessoas no mundo, a maioria no México, epicentro da pandemia.

Outras milhares de pessoas ficaram doentes, embora a disseminação do vírus pareça estar diminuindo. Neste sábado, a Costa Rica registrou a primeira morte causada pela gripe suína fora da América do Norte e os EUA, sua terceira morte. O México, que fechou grande parte do país por vários dias, adiou a reabertura das escolas primárias em vários Estados.

As autoridades japonesas vinham acompanhando os passageiros que chegaram no mesmo voo das quatro pessoas que foram diagnosticadas com o vírus. Os três pacientes diagnosticados no sábado são mantidos num hospital próximo ao aeroporto. As autoridades não disseram onde está sendo mantido o quarto paciente.

Os governos da China e de Hong Kong disseram que colocaram em quarentena seus cidadãos que estavam no mesmo voo. Hong Kong mantém duas pessoas em observação e que não apresentaram nenhum sintoma. O Ministério da Saúde da China disse que colocou sob observação sete pessoas. Ainda não se sabe a condição desses sete chineses. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.