Japão vai doar US$ 70 milhões para ajudar o Haiti

O Japão assumirá, nesta segunda-feira, o compromisso de doar um total de US$ 70 milhões para ajuda às vítimas do terremoto no Haiti. O anúncio será realizado numa conferência internacional de doadores em Montreal, informou a agência de notícias japonesa Kyodo.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

25 de janeiro de 2010 | 04h15

"O governo japonês decidiu elevar sua ajuda para as vítimas do terremoto no Haiti de US$ 5 milhões para 70 milhões", disse a agência, a partir de Nova York, citando fontes do governo não identificadas.

Os doadores internacionais organizaram o encontro a fim de discutir a reconstrução do Haiti depois do abalo que atingiu o país no dia 12 de janeiro, o pior já registrado nas Américas.

Brasil, Estados Unidos, Canadá, França e outros doadores com interesse no Haiti vão tentar montar estratégias de longo prazo para tentar colocar o país - o mais pobre do Hemisfério Norte -, no caminho da recuperação.

O Japão havia prometido inicialmente US$ 5 milhões, dias depois do terremoto, um montante muito menor do que a ajuda de US$ 100 milhões oferecida pelos EUA e menos do que os US$ 10 milhões prometidos pela Coreia do Sul. De acordo com a agência de notícias, depois da promessa inicial dos japoneses, "as Nações Unidas pediram fortemente que o Japão aumentasse sua ajuda, como segunda maior economia do mundo e segundo maior doador das Nações Unidas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
HaitidoaçãoJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.