Japonês é detido por insulto em aeroporto dos EUA

Os dois principaisaeroportos do estado americano da Flórida informaram hoje sobre a detenção de peassageiros por ameaças contra a segurançade seus aviões, entre eles um turista japonês que, em um aviãoda American Airlines em Miami, que disse disparates contra os EUA efalou em colocar uma bomba. Yasuaki Ichimura, de 28 anos, enfrenta agora o risco deser condenado a até 15 anos de prisão por proferir uma ameaça deexplosivos contra o vôo de Miami aSeattle. O turista, aparentemente exasperado pela demora devidoao cumprimento das novas medidas de segurança no terminal aéreode Miami, disse que "se fosse um terrorista explodiria esseavião". Além disso, uma comissária de bordo disse que antes dadecolagem Ichimura fez "comentários desagradáveis" sobre osamericanos. Em Orlando, os passageiros de um vôo doméstico tiveramde desocupar o avião devido à presença de passageiros"suspeitos", segundo as autoridades do aeroporto da cidade. O diretor do terminal aéreo, Larry Dale, informou que umcidadão dominicano apresentou um passaporte com manuscritos emsuas páginas, e por isso foi separado dos demais passageirospara ser interrogado. Nenhum detallhe foi divulgado sobre ocaso. Outras quatro pessoas que acompanhavam o dominicanotambém foram colocadas à parte e não lhes foi permitido tomar oavião com destino a Allentown, na Pensilvânia. Dale disse que acompanhia aérea "levantou suspeitas e pediu uma checagem maisrigorosa". Inspeção - Quando agentes de segurança inspecionaram o interior doavião, outro passageiro deu mostras de desagrado, rebelando-secontra os funcionários - que o detiveram e o retiraram do avião.Em Miami, o FBI anunciou ter informado a embaixdajaponesa em Washington sobre a detenção de Ichimura,acrescentando que o indivíduo, mesmo atrás das grades de umaprisão federal, não cessava de lançar insultos contra os EUA eseus cidadãos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.