Japoneses madrugam para conhecer edifício da Gucci

Cerca de 120 pessoas foram na madrugada desta sexta-feira à inauguração do primeiro edifício do mundo dedicado exclusivamente a produtos da marca Gucci, que abriu suas portas no bairro de Ginza, no centro da capital japonesa.Oito andares envidraçados exibem e vendem bolsas, roupas, sapatos e outros artigos de luxo do fabricante italiano. As vendas da marca no Japão representam mais de 20% do seu faturamento total, segundo a agência de notícias japonesa "Kyodo".Com a nova loja, chegam a 54 os pontos de venda da Gucci no Japão. A expansão parece ignorar tendências negativas, como o fortalecimento do euro em relação ao iene e a intensa concorrência no mercado do luxo do Japão.O mercado japonês de artigos de luxo atingiu em 2004 1,18 trilhão de ienes (US$ 9,915 bilhões), após uma queda de 2,5%, segundo números do setor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.