EFE
EFE

Jaqueta em resposta à usada por Melania Trump esgota logo após lançamento

Empresa com sede em Portland vai doar toda a receita da venda a uma ONG que faz campanha para pôr fim à separação de famílias de imigrantes

O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2018 | 22h57

PORTLAND, EUA - A jaqueta criada pela fabricante de roupas Wildfang em resposta à usada pela primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, durante sua visita a um albergue para crianças imigrantes no Texas, esgotou nesta sexta-feira, poucas horas após seu lançamento.

A companhia, com sede em Portland, anunciou em sua conta no Instagram que toda a receita com as vendas será destinada à organização sem fins lucrativos Centro de Refugiados e Imigrantes para Educação e Serviços Jurídicos (Raices), que realiza atualmente uma campanha para pôr fim à separação familiar na fronteira entre EUA e México.

O casaco de Melania Trump trazia a frase "I really don't care, do U?" ("Eu realmente não me importo, você se importa?") e provocou indignação pública nas redes sociais.

Em resposta, a Wildfang publicou uma foto na Instagram que mostrava uma modelo com a mensagem inversa na sua jaqueta: "I really care, don't U?" ("Eu realmente me importo, você não"?).

A empresa sugeria na legenda: "E se fizermos nossa própria versão da jaqueta de Melania e doarmos todos os lucros a @raicestexas. Quem se anima?". A publicação logo se tornou viral e recebeu várias demonstrações de apoio.

A jaqueta de Melania era da marca espanhola Zara e era vendida por US$ 39, segundo o jornal "Daily Mail", embora não pareça estar disponível no site americano da marca. / EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.