Jato de guerra japonês cai após a decolagem e pega fogo

Os dois pilotos da aeronave ficam levemente feridos; ainda não há informações sobre as causas do acidente

Associated Press e Agência Estado,

31 de outubro de 2007 | 07h59

Um jato de guerra japonês caiu instantes depois de decolar e pegou fogo nesta quarta-feira, 31, no aeroporto de Nagoya, região central do Japão. Os dois pilotos, os únicos ocupantes da aeronave, ficaram levemente feridos.  O jato F-2B estava passando por testes antes de ser entregue à Força Aérea do Japão quando caiu, disse Hideo Ikuno, porta-voz da Daiya, a agência de relações públicas que representa a fabricante, Mitsubishi Heavy Industries. A emissora de televisão NHK mostrou imagens dos pilotos pulando da fuselagem em chamas. O fogo foi apagado por volta das 9h25 (horário local), cerca de dez minutos depois do acidente, disse Ikuno. Os pilotos, ambos funcionários da fabricante, foram levados ao hospital.  A Mitsubishi vem realizando inspeções regulares nas aeronaves da força aérea, disse o porta-voz do governo, Nobutaka Machimura. Aparentemente o piloto teve de abortar a decolagem, mas a razão ainda não está esclarecida.

Tudo o que sabemos sobre:
TóquioJapãoavião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.