Jihad começa a retaliar morte de líder

Um soldado israelense morreu e umoutro ficou ferido hoje na explosão de uma bomba colocadapor militantes do grupo Jihad Islâmica em uma estrada próxima aum assentamento judeu na Faixa de Gaza, informou o Exército deIsrael. O Jihad assumiu a responsabilidade pelo ataque em umcomunicado enviado à Associated Press no Líbano. A nota diz queo ataque foi a primeira retaliação ao assassinato de um doslíderes do grupo, Iyad Sawalha, pelos militares israelenses. O soldado, identificado pelos militares israelenses comoMedin Grifat, de 23 anos, foi morto e seu companheiro ficou ferido nadetonação da bomba enquanto realizavam uma patrulha em uma áreapróxima ao assentamento de Netzarim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.