Jobim defende soberania da América do Sul sobre defesa

O ministro de Defesa do Brasil, Nelson Jobim, defendeu hoje a soberania da América do Sul para lidar com as questões relacionadas à defesa e segurança dos países sul-americanos. "O Conselho de Segurança é uma coisa nossa, da América do Sul e não permitiremos interferências", disse, durante o seminário Rumo ao Conselho de Defesa Sul Americano, realizado hoje em Buenos Aires. "Durante muitos anos, a América do Sul só disse sim. Agora é hora de dizer não também. Não que vamos dizer não a tudo, mas o conselho é nosso, é uma discussão da região", afirmou, em resposta a uma pergunta sobre supostas ingerências dos Estados Unidos na questão.A ministra de Defesa da Argentina, Nilda Garré, afirmou que a "América Latina é o espaço prioritário para gerar âmbitos de cooperação, coordenação e complementação em matéria de Defesa e Segurança Internacional". Garré defendeu a atuação do sistema de Defesa nacional diante de eventuais agressores externos militares estatais, adotando uma posição defensiva para evitar agressões contra os vizinhos. Neste sentido, a ministra mencionou a Força de Paz Conjunta Cruz do Sul entre a Argentina e o Chile, a cooperação com o Peru e a associação com o Brasil, com programas conjuntos como o projeto de fabricação do veículo "Gaúcho" ou o mecanismo de intercâmbio de informação para o controle do trânsito aéreo na fronteira."A UNASUR (União de Nações Sul Americanas) propôs construir de maneira participativa e de consenso, um espaço de integração e união cultural, social, econômica e política entre seus povos, outorgando prioridade ao diálogo, as políticas sociais, a educação, a energia, a infra-estrutura, o financiamento, o meio ambiente e, obviamente, também a defesa", destacou Garré. A ministra argentina ressaltou que a região é uma zona de paz, "base para a construção de uma identidade em matéria de Defesa" e defendeu a criação de um colégio sul-americano de Defesa, que, segundo ela, poderia ser uma "importante medida de confiança mútua regional".

MARINA GUIMARÃES, Agencia Estado

17 de novembro de 2008 | 19h51

Tudo o que sabemos sobre:
defesaNelson JobimAmérica do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.