Joe Biden diz que situação na Venezuela é alarmante

Em entrevista ao jornal chileno El Mercurio, o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, classificou a situação política e social da Venezuela como alarmante. Biden acusou ainda o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, de inventar conspirações para desviar a atenção dos problemas vividos pelo país.

AE, Agência Estado

09 de março de 2014 | 16h25

Maduro vem enfrentando várias semanas de protestos estudantis que ele diz serem tentativas da extrema-direita de provocá-lo. Os protestos tiveram a adesão da classe média, cansada da inflação, que foi de 56% em 2013, e de uma das maiores taxas de homicídio do mundo.

Biden e Maduro participarão na próxima terça-feira (11) da posse da presidente chilena Michelle Bachelet. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELAEUABIDENMADUROPROTESTOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.