Jogadora de vôlei da Holanda desaparece na Espanha

Polícia espanhola não tem pistas de Ingrid Visser, que sumiu misteriosamente em Murcia

21 de maio de 2013 | 23h11

A veterana Ingrid de Visser, atacante da seleção holandesa de vôlei que venceu o campeonato europeu em 1995, desapareceu misteriosamente em Murcia, na Espanha. Ingrid, de 35 anos, que jogou pelo Minas Tênis Clube, em 1998, não dá notícias desde o dia 13.

 

A polícia espanhola, que trabalha em conjunto com investigadores holandeses, não tem nenhuma pista do paradeiro de Ingrid. Ela o namorado, Lodewijk Severein, de 57 anos, chegaram a Murcia na semana passada, dia 13, e alugaram um Fiat Panda preto no aeroporto da cidade. Fizeram o check-in em um hotel da cidade, deixaram as malas no quarto e nunca mais foram vistos.

 

O carro não foi encontrado e não há registros de movimentação financeira da jogadora. Ontem, a família de Ingrid decidiu apelar para os moradores da cidade, espalhando cartazes e criando um site para obter informações sobre ela. A polícia trabalha com a hipótese de sequestro, mas a família de Igrid disse ao jornal 'Volkskrant' que está pessimista. "As perspectivas são sombrias", afirmou Wiebe Visser, tio da jogadora.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.