Jogo de críquete reúne premiês da Índia e Paquistão

Os primeiros-ministros da Índia e do Paquistão aproveitaram hoje um emocionante jogo de críquete como pano de fundo de um amplo diálogo sobre os empecilhos que dificultam a melhora das relações bilaterais.

AE, Agência Estado

30 Março 2011 | 16h57

Enquanto as seleções nacionais dos dois países enfrentavam-se em Mohali, no norte indiano, os primeiros-ministros Manmohan Singh, da Índia, e Yousaf Raza Gillani, do Paquistão, discutiam meios de pavimentar o diálogo diplomático entre Nova Délhi e Islamabad.

"Hoje é o espírito de Mohali que permeia nosso relacionamento. Foi um espírito extremamente positivo e encorajador, que foi criado como resultado do encontro de hoje", declarou Nirupama Rao, secretária de Exterior da Índia, em conversa com jornalistas ao término do encontro bilateral.

Ela disse que Singh e Gillani discutiram uma ampla gama de assuntos envolvendo os dois países, entre eles os próximos passos do diálogo de paz, que vem sendo retomado lentamente depois de ter passado meses interrompido pelos atentados de 2008 contra Mumbai. Gillani convidou Singh para visitar o Paquistão e a proposta será avaliada pelo governo, prosseguiu Rao.

Em um indicativo da retomada gradual dos contatos bilaterais, os secretários de Comércio, Defesa e Exterior dos dois países se reunirão no decorrer dos próximos meses e o objetivo é a retomada do diálogo de paz entre os chanceleres de Índia e Paquistão, concluiu a secretária indiana.

No campo, Singh e Gillani cumprimentaram um a um todos os jogadores das seleções rivais. Índia e Paquistão enfrentaram-se pela semifinais da Copa do Mundo de críquete. Os indianos venceram o duelo e decidirão o título contra a seleção do Sri Lanka. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.