Jordânia acusa Síria de disparar foguetes

O porta-voz e ministro de Estado da Informação da Jordânia, Samih Maaytah, acusa a Síria de ter lançado quatro foguetes contra a aldeia Torrah, região da fronteira entre os dois países. Uma menina de quatro anos ficou ferida.

AGÊNCIA ESTADO, Agência Estado

19 de agosto de 2012 | 19h17

O governo jordaniano convocou o embaixador sírio em Amã e formalizou um protesto. "A Jordânia rejeita o que ocorreu e se certificará de que isso não ocorra mais no futuro", disse o ministro jordaniano.

A criança sofreu ferimentos na cabeça, mas já deixou o hospital Ramtha, onde foi tratada. O exército da Jordânia isolou toda a área atingida.

Atualmente a Jordânia abriga mais de 150 mil refugiados sírios. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JordâniaSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.