Jornais do Egito suspendem publicações em protesto

Vários jornais independentes do Egito suspenderam a publicação da edição desta terça-feira para protestar contra o que muitos jornalistas consideram ser restrições à liberdade de expressão, presentes no projeto constitucional adotado pela Assembleia Constituinte.

AE, Agência Estado

04 de dezembro de 2012 | 10h40

Envolvendo pelo menos oito jornais, a demonstração dos profissionais de comunicação faz parte de uma campanha de desobediência civil que pode atrair outros setores e resultar em uma greve geral.

Enquanto isso, a oposição ao presidente Mohammed Morsi está planejando realizar uma manifestação nos arredores do palácio presidencial em Cairo contra o projeto constitucional e os decretos de Morsi, que lhe concedem mais poderes sem supervisão judicial.

As redes de televisão privadas também planejam uma manifestação para esta quarta-feira, quando interromperão as transmissões durante o dia todo. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EgitoCrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.