Jornais dos EUA apontam ataque à política antiterrorista de Bush

O senador John Kerry, candidato à Casa Branca, confrontou, em discurso na terça-feira, a política antiterrorista do presidente americano George W. Bush, destacam os jornais The New York Times e Washington Post. Os diários publicam matérias sobre o pedido de Kerry para que os trabalhos da comissão de 11 de setembro continuem por mais 18 meses. "Você não pode tratar o relatório como algo que você espera que vá embora", disse o candidato, "afiando suas críticas ao presidente Bush", segundo o The New York Times. "Liderança requer que nós ajamos agora e não falar, não fazer promessas vagas, não dar desculpas", continuou Kerry. Segundo o Washington Post, Kerry sugeriu que a comissão faça um relatório a cada seis meses e disse que "recuar não é algo que os Estados Unidos podem se permitir".

Agencia Estado,

28 de julho de 2004 | 11h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.