Jornais exigem renúncia do cardeal de Boston

O cardeal de Boston, Bernard Law, encontra-se no centro da tormenta que sacode a Igreja Católica dos Estados Unidos. Jornais influentes da região uniram-se hoje para pedir sua renúncia, por cumplicidade em dezenas de casos de abusos sexuais de menores.O jornal Boston Globe pediu pela primeira vez a renúncia do cardeal, após a publicação de documentos que demonstram que a hierarquia da igreja local sabia, desde 1967, que sacerdotes cometiam abusos com crianças. "Law não pode ignorar que uma parcela da comunidade católica tenha perdido a fé em sua liderança", escreveu um editorial do jornal. "Os documentos eliminam qualquer esperança de que a liderança da arquidiocese possa restabelecer a credibilidade."Outro jornal da região, o Machester Union Leader, diário mais importante de New Hampshire, pediu também a renúncia de Law, que dirige a terceira arquidiocese mais importante dos Estados Unidos, depois de Califórnia e Nova York. De acordo com o jornal, "o cardeal fracassou ao suspender padres acusados de abusar sexualmente de crianças". Já o jornal Boston Herald reclamou pela segunda vez a renúncia de Law. Após a publicação dos documentos, a arquidiocese informou em um comunicado que nunca tomou decisões que pudessem pôr em risco a integridade das crianças.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.