Jornal do PC chinês quer que protestos sejam ''esmagados''

O Diário do Povo, porta-voz do Partido Comunista da China, pediu ontem em editorial que sejam esmagados os protestos de tibetanos contra Pequim, iniciados na semana passada: ''Precisamos perceber as intenções malignas das forças secessionistas, manter a estabilidade social e esmagar resolutamente a conspiração das forças de independência do Tibete.'' Pequim elevou seu número de mortos nos protestos para 22, mas o governo tibetano no exílio afirma que pelo menos 80 pessoas morreram em Lhasa, capital do Tibete, e outras 19 na Província de Gansu. O governo chinês, que está impedindo o acesso de estrangeiros ao Tibete, também decidiu proibir as filmagens na Praça da Paz Celestial, em Pequim, durante a Olimpíada de agosto. Em visita a Paris, o candidato republicano à presidência dos EUA, John McCain, disse que a repressão chinesa é inaceitável.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.