Jornal do Zimbábue é atacado

O principal jornal independente do Zimbábue, Daily News, conhecido por denunciar a corrupção do governo do presidente Robert Mugabe, teve parte de sua gráfica destruída na madrugada deste domingo por uma série de explosões. Ninguém ficou ferido no ataque, promovido por seis homens que fugiram em duas picapes. O atentado ocorreu horas depois de o ministro da Informação, Jonathan Moyo, ter ameaçado fechar o jornal, que tem uma circulação de 50.000 exemplares. Apesar dos danos, o editor garantiu que continuariam a publicar o diário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.