Jornalista aguarda decisão da Corte

O primeiro-ministro do Iraque, Nuri al-Maliki, disse ontem que o destino do jornalista Muntazer al-Zaidi - que atirou seus sapatos contra o presidente americano, George W. Bush - está nas mãos da Justiça iraquiana. Detido, o jornalista aguarda a decisão do tribunal que, segundo a assessoria de imprensa do governo, seguirá seu curso natural. Se condenado, ele pode pegar até 15 anos de prisão. Para Maliki, que deu a ordem para prender Al-Zaidi, um jornalista deve se expressar com liberdade, mas sem perder os limites da ética.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.