Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Vahid Salemi / AP
Vahid Salemi / AP

Jornalista americano é indiciado no Irã

Jason Rezaian, que tem dupla nacionalidade iraniana e americana, era o chefe da sucursal do jornal em Teerã desde 2012; ele está preso desde julho

O Estado de S. Paulo

14 de janeiro de 2015 | 18h45

TEERÃ - O repórter do jornal americano The Washington Post Jason Rezaian, detido há meses no Irã, foi indiciado e aguarda o julgamento, afirmou nesta quarta-feira, 14, a agência de notícias estatal iraniana Irna. Ela não informou quais acusações ele enfrentará.

A notícia chega no mesmo dia em que o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, e o ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammed Javad Zarif, se encontraram em Genebra para começar a discutir um acordo nuclear. Zarif afirmou esperar que o caso contra Rezaian seja resolvido, mas se trata de "um caso da Justiça".

Rezaian, que tem dupla nacionalidade iraniana e americana, era o chefe da sucursal do jornal em Teerã desde 2012. A reportagem da Irna não cita quais são as acusações foram apresentadas contra o jornalista, mas afirmou que ele será avaliado pela Corte Revolucionária do Irã, que julga principalmente casos de crime contra a segurança do país.

Rezaian, sua mulher, Yeganeh Salehi, e dois fotojornalistas foram detidos em 22 de julho em Teerã. Posteriormente, todos foram liberados, menos o jornalista. / ASSOCIATED PRESS 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.