Jornalista de TV estatal é morto na capital da Síria

Um jornalista da rede estatal de televisão da Síria foi morto na capital do país na quarta-feira, na mais recente onda de violência contra profissionais da mídia pró-governo, de acordo com informações divulgadas hoje pela agência oficial de notícias SANA.

AE, Agência Estado

23 de novembro de 2012 | 10h21

O Observatório de Direitos Humanos da Síria disse que o jornalista se tornou alvo porque os ativistas o consideravam um membro do "shabiha", grupo de milícia que apoia o presidente Bashar Assad.

A equipe da mídia pró-governo já teve 14 profissionais mortos na Síria desde o começo do conflito em março do ano passado. Outros 38 jornalistas civis foram assassinados, de acordo com a organização Repórteres Sem Fronteiras.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.