Jornalista do Wall Street Journal desaparece no Paquistão

Um jornalista americano, correspondente em Bombaim (Índia) do jornal Wall Street Journal, Daniel Pearl, desapareceu no Paquistão, aparentemente enquanto estava investigando grupos militantes islâmicos ligados à rede Al-Qaeda, de Osama bin Laden. Pearl, que trabalha no Wall Street Journal desde 1990, não se apresentou a uma teleconferência com membros da redação programada para a quarta-feira e desde então não se teve notícias dele. A polícia paquistanesa o está procurando na cidade sulista de Karachi e na vizinha província de Baluchistão. Leia o especial

Agencia Estado,

25 Janeiro 2002 | 16h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.