Jornalista é assassinado em Medellín

O jornalista Carlos Alberto Trespalacios, que havia denunciado ameaças contra sua vida, foi assassinado por desconhecidos em Medellín na segunda-feira à noite, informaram hoje autoridades locais. Trespalacios, diretor de comunicações do Inder, Instituto de Esportes e Recreação de Medellín, saía de um centro universitário no bairro de El Poblado, onde fazia um curso de pós-graduação.Alguns homens o esperavam na esquina e atiraram contra o jornalista de 33 anos, acertando dois tiros em sua cabeça. Trespalacios teve morte instantânea, informou a porta-voz da polícia de Medellín, Eliana López. "Em meio a seus pertences foi encontrada a cópia da denúncia por ameaça de morte que ele havia apresentado à polícia", disse à Associated Press a porta-voz policial da segunda maior cidade colombiana. "Não se sabe de motivos nem de suspeitos (para o crime)", acrescentou López em entrevista por telefone.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.