Jornalista é encontrado morto no México

O corpo do jornalista mexicano Severo Mirón, de 78 anos, foi encontrado morto na noite desta sexta-feira em seu escritório na capital mexicana. Mirón, cujo verdadeiro nome era Julio Samuel Morales Cerón, apresentava sinais de ter sido assassinado. O corpo foi achado por um dos funcionários do jornalista, que avisou a polícia.Aparentemente, o jornalista, que trabalhava para o jornal El Sol de México teria sido degolado, além de também haver evidências de tortura. Ainda não se sabe nada a respeito das circunstâncias que envolvem o ocorrido.Mirón, nascido na cidade de Mendoza, estado de Veracruz, em 12 de abril de 1922, trabalhou como articulista em diversos jornais mexicanos, e foi locutor e produtor de alguns programas de rádio e televisão. Fundador da Associação Mexicana de Jornalistas de Rádio e Televisão em 1984, Mirón era atualmente autor da coluna "Triaca", publicada no El Sol de México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.