Jornalista espanhol é seqüestrado no Iraque

A Rádio Nacional da Espanha informou hoje que rebeldes fiéis ao clérigo Muqtada al-Sadr seqüestraram seu correspondente Fran Sevilla, próximo a Najaf, no Iraque. Ele estava se preparando para fazer a cobertura de uma cerimônia com a presença do líder xiíta quando foi interceptado e levado para uma mesquita, onde permanece detido. Sevilla conseguiu comunicar-se com a rádio, em Madri, com seu celular via satélite e disse que não havia sido ferido, mas a ligação foi interrompida, segundo informou o diretor de jornalismo da emissora, Javier Arenas. O ministo das Relações Exteriores, Angel Moratinos, entrou em contato com as forças de ocupação e as autoridades iraquianas para tentar a libertação do jornalista, afirmou a vice-presidente do governo espanhol, María Teresa Fernández de la Vega.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.