Jornalista francês é morto na Síria

O canal de televisão France 2 informou nesta quarta-feira que um dos seus jornalistas, Giles Jacquier, foi morto na Síria em circunstâncias ainda desconhecidas em Homs. Em comunicado, o France 2 afirma que o repórter participava de uma viagem autorizada pelo governo sírio ao país quando morreu. Outro membro da equipe do France 2 foi ferido. A morte de Jacquier é o primeiro caso conhecido de um jornalista ocidental morto na Síria desde março de 2011, quando começou a revolta contra o presidente Bashar Assad. As autoridades sírias negaram a entrada de muitos jornalistas ocidentais no país. As Nações Unidas estimam que mais de 5 mil pessoas foram mortas na violência desde março do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.