Jornalista nascida no Panamá é a nova Miss EUA de 2007

A representante do estado do Tennessee, Rachel Smith, de 21 anos, nascida no Panamá, conquistou na sexta-feira, 23, a coroa de Miss Estados Unidos, sucedendo Tara Conner.A 56ª edição do concurso, no Teatro Kodak de Los Angeles, foi disputada por 51 mulheres, dos 50 estados e do Distrito de Columbia.Além da vencedora, chegaram à fase final as representantes de Nevada, Califórnia, Kansas e Rhode Island.Smith nasceu no Panamá, onde seus pais trabalhavam. Alguns meses após seu nascimento, eles voltaram para Fort Campbell, em Clarksville (Tennessee).A nova Miss EUA 2007 é formada em jornalismo. Entre janeiro e agosto de 2007, ela foi estagiária do departamento de publicidade da produtora Harpo, propriedade da estrela da televisão Oprah Winfrey.Em janeiro, foi voluntária num dos colégios que Winfrey tem ao sul de Johanesburgo.Nos últimos meses de seu reinado, Tara Conner revelou a sua dependência de drogas e álcool. Ela passou 31 dias num centro de reabilitação.Em dezembro, Donald Trump, co-proprietário do concurso de beleza, anunciou em entrevista coletiva que daria a Conner uma segunda oportunidade e não cassaria o seu título.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.