Jornalista que atirou sapatos em Bush pede perdão

O jornalista iraquiano Muntadhar al-Zeidi, que no último domingo ganhou notoriedade internacional ao atirar um par de sapatos no presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, durante ume entrevista coletiva, pediu perdão por seu ato. Yassin Majid, porta-voz do governo iraquiano, disse que o jornalista enviou hoje uma carta ao primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki, na qual qualifica seu comportamento como "um ato terrível" e pede desculpas pelo ocorrido.Na carta, prossegue Majid, Al-Zeidi fala de uma ocasião, durante uma entrevista em 2005, na qual Maliki foi extremamente gentil com ele e pede ao primeiro-ministro que mais uma vez demonstre aquela mesma gentileza. Al-Zeidi corre o risco de passar dois anos na cadeia por insulto a um líder estrangeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.