Jornalistas são liberados de hotel em Trípoli

Jornalistas estrangeiros afirmaram que foram liberados do Hotel Rixos, nesta quarta-feira, após ficarem dias sob um cerco de homens armados leais ao líder líbio, Muamar Kadafi.

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2011 | 12h09

O correspondente da CNN Matthew Chance disse no Twitter que ele e jornalistas de vários outros meios deixaram o hotel em um carro. Os jornalistas eram mantidos sob armas por dois guardas, que se recusavam a deixar seus postos, apesar de vitórias rebeldes em outros pontos da capital do país.

Um repórter da Associated Press entrou no hotel mais cedo e viu os jornalistas com capacetes e coletas à prova de balas, no segundo andar, enquanto um guarda dizia que eles não tinham permissão para sair.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Líbiaviolênciajornalistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.