Jospin critica estilo da administração Bush

O primeiro-ministro francês, Lionel Jospin criticou duramente a administração do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, por sua forma unilaterial de lidar com questões internacionais, informaram hoje vários jornais franceses. Jospin, segundo jornais regionais, disse que a nova administração o está deixando ansioso, devido a sua forma de governar. "Ela parece não pensar que algumas regras, que fazem a comunidade internacional funcionar, precisam necessariamente ser levadas em consideração em determinadas questões", teria dito o chefe de governo francês.Numa entrevista concedida terça-feira a 15 jornais regionais, Jospin destacou a recente decisão de Bush de reverter uma promessa de campanha sobre emissões de dióxido de carbono, classificando a medida como um "sério ato unilateral", e muito danoso. "Existem outras questões que igualmente nos preocupam, como relações comerciais e escudo antimíssil", afirmou Jospin, referindo-se ao sistema de defesa antimísseis proposto pelos EUA, cuja necessidade e conveniência é posta em dúvida por alguns aliados europeus."Esta não é uma administração isolacionista, como vinha sendo o caso na tradição republicana. Esta é mais uma administração unilateral", disse o primeiro-ministro socialista. "Frente a esta situação, a Europa tem de se expressar, dizer o que pensa e enviar uma mensagem", acrescentou.Jospin teve palavras calorosas para o antecessor de Bush, dizendo que a equipe do ex-presidente Bill Clinton era "atenta em relação a outras realidades, a outras civilizações e, notavelmente, em relação à Europa".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.