Jovem alemão que feriu 28 pessoas com punhal estava alcoolizado

O jovem que feriu 28 pessoas na última sexta-feira à noite, ao agredi-las indiscriminadamente com um punhal em pleno centro de Berlim, estava alcoolizado, indicou neste sábado a Polícia. Segundo um porta-voz, 15 feridos ainda estão hospitalizados, mas todos estão fora de perigo.O porta-voz policial corrigiu para 28 o número de vítimas, que em princípio tinha sido cifrado em 26. O aumento ocorreu depois que a Polícia lançou um chamado no qual pediu às pessoas que tivessem sido levemente feridas que procurassem a Polícia ou algum hospital. Também foi corrigida a idade do agressor, que segundo as últimas informações tem 16 anos e não 17 como tinha sido indicado inicialmente.O ataque aconteceu pouco antes das meia-noite, após a festa de inauguração da nova estação ferroviária. O agressor atacou indiscriminadamente todas as pessoas com as quais cruzava pela rua.O jovem foi detido pela Polícia, enquanto os feridos foram levados em ambulâncias a hospitais berlinenses.Segundo o porta-voz da Polícia de Berlim, Bernhard Schodrowski, o agressor é alemão e vive no bairro de Neukoelln, uma área marcada por problemas sociais. Schodrowski acrescentou que o agressor tem outros antecedentes penais violentos.O incidente ocorreu nas proximidades do Reichstag e da nova estação de trem que acabava de ser inaugurada pela chanceler alemã, Angela Merkel, com uma grande festa com música e fogos de articio.No momento dos ataques - faltava pouco para a meia-noite e os festejos acabavam de terminar - as ruas próximas à estação estavam repletas de gente que voltava para suas casas, o que dificultou a chegada de bombeiros e da Polícia ao local.A área em torno do local das agressões - o jovem vagou por várias ruas próximas ao Reichstag - estava totalmente cheia de pessoas e contava com dispositivos de segurança. Segundo o porta-voz policial, cerca de 100 agentes e 45 bombeiros estavam no local.De acordo com os primeiros cálculos oficiais da empresa ferroviária alemã, cerca de 500 mil pessoas assistiram ao espetáculo de luzes que marcou a inauguração da estação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.