Jovem atropela idosa e dirige por 7 km com corpo no parabrisas

Vítima morreu na hora e a motorista, estudante de hotelaria, alega ter sofrido um ataque de pânico

Efe,

12 de janeiro de 2010 | 03h18

A polícia japonesa prendeu uma jovem por atropelar e matar uma idosa e dirigir cerca de sete quilômetros com o corpo da mulher preso ao parabrisas, informou nesta terça-feira, 12, o diário japonês Mainichi.

 

A jovem, de 23 anos, atropelou uma mulher de 80 anos quando conduzia na madrugada do domingo, 10, por uma estrada de Utsunomiya, centro do país.

 

A vítima morreu na hora e a motorista, em pânico, dirigiu com o corpo dela sobre o parabrisas até sua casa, onde chamou seu namorado, que alertou a Polícia. Quando os agentes chegaram à casa, encontraram o veículo com a mulher ainda presa ao vidro.

 

"Tive um ataque de pânico e não sabia que fazer", disse a menina à Polícia, segundo o Mainichi. A moça, estudante de uma escola de hotelaria, foi detida acusadade causar um acidente fatal e fugir do local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.