Jovem Buda continua desaparecido no Nepal

Um jovem nepalês apontado por seus seguidores como a reencarnação de Buda continua desaparecido neste domingo, informaram autoridades locais. O desaparecimento repentino foi denunciado no último sábado à polícia por seguidores de Ram Bahadur Banjan, de 15 anos, o pequeno aspirante a Buda reencarnado. Grupos de busca foram criados pela polícia e pelos seguidores do jovem para vasculhar as selvas de Bara, cerca de 160 quilômetros ao sul de Katmandu. O oficial de polícia Raj Kattel comentou que testemunhas disseram ter visto o adolescente caminhando rumo ao sul no fim da tarde de sábado. Suas roupas foram encontradas perto de um nicho onde ele meditava havia dez meses. De acordo com Kattel, ao contrário do último sábado, a polícia não acredita que Banjan tenha sido seqüestrado por rebeldes maoístas ou por organizações criminosas. Não estava claro como ele poderia ter desaparecido sem ser percebido, pois seus seguidores estavam sempre próximos do local onde ele meditava havia dez meses. Banjan estava sentado meditando no mesmo lugar desde 17 de maio de 2005. Durante todo o tempo ele manteve as pernas cruzadas sem se movimentar e ficou com os olhos fechados em um nicho preparado perto da raiz de uma árvore, disseram seus seguidores. O menino teria passado todo o tempo sem comida nem água. Milhares de pessoas visitaram o local de meditação do suposto Buda reencarnado ao longo dos últimos meses. Os visitantes só podiam observar o jovem durante o dia por trás de um cordão de isolamento montado a 25 metros de distância do nicho. Durante a noite, seus seguidores colocavam uma tela para impedir a observação de curiosos. Monges budistas que visitaram o local disseram não acreditar que o rapaz seja a reencarnação de Buda, mas estavam convencidos de que ele realmente passou todo o tempo meditando.

Agencia Estado,

12 Março 2006 | 11h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.