Metropolitan Police/Handout via REUTERS
Metropolitan Police/Handout via REUTERS

Jovem de 18 anos é condenada à prisão perpétua por terrorismo no Reino Unido 

Safaa Boular foi considerada culpada pela Corte Central Criminal de Londres por planejar um atentado em solo britânico junto com a irmã e com a mãe

O Estado de S.Paulo

03 Agosto 2018 | 15h37

LONDRES - Nesta sexta-feira, 3, um tribunal britânico sentenciou uma jovem de 18 anos à prisão perpétua passível de revisão após 13 anos, sendo a mulher mais nova já condenada por terrorismo no Reino Unido.

Safaa Boular foi considerada culpada pela Corte Central Criminal de Londres por planejar um atentado em solo britânico junto com a irmã e com a mãe, constituindo outro aspecto sem precedentes: o primeiro grupo inteiramente feminino que pretendia lançar um ataque no país.

+ Mulheres do EI ganham pena capital ‘expressa’

Sua irmã, Rizlaine Boular, de 22, também foi condenada à prisão perpétua - revisável após 16 anos -, enquanto a mãe, Dich Boular, foi sentenciada a 6 anos e 9 meses de detenção. A pena é inferior porque seu papel foi menor.

As duas irmãs consideraram cometer um atentado no Palácio de Westminster, que abriga o Parlamento, ou no Museu Britânico, depois que a caçula, Safaa, foi seduzida na internet por um extremista do grupo Estado Islâmico (EI).

Após ser detida quando tentava viajar para a Síria, Safaa começou a discutir com sua irmã sobre como cometer os atentados. Essas conversas foram interceptadas pelas autoridades. / AFP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.