Jovem é detido em Londres por suposto envolvimento na morte de um homem

Vítima, de 68 anos, havia sofrido um ataque na segunda-feira quando tentava apagar incêndio

Efe

12 de agosto de 2011 | 09h05

LONDRES - Um jovem de 22 anos foi detido em Londres por suposto envolvimento na morte de um homem de 68 anos que se tornou a quinta vítima fatal da atual onda de violência, informou a Scotland Yard nesta sexta-feira.

 

Veja também:

Cerca de 50% dos presos têm menos de 18 anos

Londres ameaça um direito humano, o acesso à internet

video VÍDEO: Polícia faz batidas em busca de suspeitos

blog RADAR GLOBAL: Conte-nos sua história

mais imagens GALERIA: Veja imagens da violência

 

Richard Mannington Bowes permanecia em estado crítico desde a noite de segunda-feira após sofrer graves ferimentos na cabeça em um ataque quando tentava apagar um incêndio provocado no bairro londrino de Ealing.

 

 

O homem entrou em coma e faleceu pouco antes da meia-noite desta sexta-feira, segundo informou a Polícia.

 

"Trata-se de um incidente brutal que resultou na morte sem sentido de um homem inocente", afirmou o inspetor de Polícia John Farlane.

 

Segundo testemunhas, Mannington tentava apagar o fogo provocado em dois grandes contêineres de um supermercado situado ao lado de um centro comercial desse bairro, e quando os agentes foram resgatá-lo os arruaceiros responderam lançando objetos.

 

A Scotland Yard, que tinha aberto uma investigação por homicídio, mantém sob custódia o indivíduo suspeito de assassinato, implicação em distúrbios e três roubos.

 

Até o momento, 1.051 pessoas foram detidas apenas em Londres por suposto envolvimento nos distúrbios, das quais 591 foram processadas, segundo os últimos dados da Scotland Yard.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.