Jovem é ferido ao entrar no fosso dos leões na Argentina

Um jovem de 22 anos saltou, domingo, no fosso dos leões no Zoológico de Buenos Aires e sofreu ferimentos leves ao ser atacado por um dos animais. Os médicos que o atenderam disseram que, provavelmente, ele sofre de distúrbios mentais.Ana María Pirra, porta-voz do Zoológico, contou que o homem, que parecia fora de si, ?subiu no muro de proteção do fosso e se atirou, como se fosse Batman. Não sei se estava alcoolizado, sob o efeito de alguma outra substância ou sofrendo algum tipo de alucinação.?Ele tirou a camisa e agitou-a diante de um casal de leões, como se fosse a capa de um toureiro. Depois de tentou dar-lhes um pedaço de carne. O macho levantou-se e deu-lhe várias unhadas enquanto o público gritava.O rapaz, cuja identidade não foi revelada, foi levado ao Hospital Fernández, depois de os tratadores do zoológico dominarem o leão com dardos com soníferos. Ele apresentava unhadas nas mãos, braços, ombros e no peito, mas nenhuma de gravidade, segundo Juan Carlos Ramares, chefe do serviço médico do hospital.?Ele disse que foi atrás da energia que o leão lhe transmitia e, quando saiu, pediu ao público que o aplaudisse?, contou o médicoPara Ramares, o jovem ?sofre de algum distúrbio psiquiátrico, que o faz ver a realidade distorcida. Sua condição tem componentes místicos. É comum que esse tipo de doente ouça vozes que lhe ordenam fazer certas coisa.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.